GOD SAVE THE BEER.

Blog

DO RÓTULO PARA A VIDA: HELLBEIRÃO PILS.

Salve, salve, seus bebedores de cerveja!
Hoje mais um rótulo sai do papel, e dessa vez com um tom “De volta para minha terra”.
Vou explicar…

Que cerveja é essa?
Assim como os moradores de Curitiba apelidaram carinhosamente a cidade de “Chuvitiba”, a cidade de Ribeirão Preto-SP também possui um apelido, que ao meu ver, não é nada carinhoso: Hellbeirão.
E é aqui que começamos o “De volta para minha terra”!
Isso porque esse que vos escreve nasceu no estado de São Paulo, mais especificamente em Monte Alto, uma cidadezinha que fica a menos de 100km de Ribeirão Preto. Passei alguns momentos da minha vida nessa cidade, e posso afirmar com propriedade que esse apelido é merecido!
O nome da cerveja me chamou a atenção e tive que experimentar!
O tipo de cerveja não poderia ser outro, uma Pils (claro!), para aliviar tamanho calor que acompanha o nome. Abri a cerveja… enchi o copo… dei aquele gole que você só consegue dar em uma cerveja pilsen e… OPA, tem algo diferente aqui!

A Hellbeirão não é um Pils normal, ela é encorpada e me lembrou muito uma Pale Ale.
Dizem que a maioria dos amantes de cerveja começam a descartar esse estilo de cerveja após degustarem o restante, porém, a Hellbeirão vem para quebrar esse paradigma e provar que uma pils também consegue ter muito sabor.

Bom… e por conseguir ser uma cerveja encorpada e ao mesmo tempo matar a sede, por ser a ovelha negra do bando e mostrar que pilsen não precisa ser fraquinha:
Que a HELLBEIRÃO PILS sai do rótulo e da vida ao BURN BONES!

O CENÁRIO.
   A grande vantagem dessa cerveja é que ela refresca! Por essa vantagem e por “descer redondo” (roubando o slogan de uma prima beeeeeem distante), combina bem com a maioria dos petiscos de bar.
Para mim, é um ótima pedida para assistir um jogo ou uma luta.
Ai é só chamar a galera, deixar o amendoim na mesa, preparar a batata frita e abrir uma Hellbeirão Pils.
Ah, é um boa oportunidade para introduzir aquele tio que tem preconceito com cerveja artesanal! Fala que é uma pilsen e enche o copo.

E foi assim que demos vida ao nosso terceiro personagem.
Um abraço e até o próximo copo.


GSTB-GustavoPaiva-100x100 Gustavo Paiva

Diretor de criação na Looks Creative Studio, produtora curitibana especializada em vídeos para internet, e como Mentor na The Factory Lab, um hub de programas que incentivam o empreendedorismo de alto impacto. Além disso, é sócio da Inspiradores, uma agência de palestrantes voltada a contar histórias fantásticas de vida e superação, da The Cave, um estúdio que cria e desenvolve apresentações corporativas, treinamentos e coaching para empresas e palestrantes, e também se aventura no mercado de moda com sua marca Pukie Clothing. Site: www.lookscs.com.br

Post navigation

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *