GOD SAVE THE BEER.

Blog

…e cozinhei com ela!!

Amores, cervejas, rótulos, personagens, comida. Este blog é daqueles que dá emoção de escrever.

O Rafa, um dos sócios da God, numa das minhas visitas semanais à loja me desafiou a criar um hambúrguer, algo novo, inusitado. Que isso irmão, isso mexe com o ego da gente, ora, pois. Desafio aceito!

De uns tempos pra cá resolvi fazer meu próprio bacon, isso mesmo, BACON HOMEMADE! Se bacon é vida, homemade é vida eterna, só isso. Bom, assim um dos ingredientes da minha criação já estava muito bem definido.

Eu resolvi desta vez provar uma cerveja escura, preciso confessar que as cervejas escuras não estão entre as minhas favoritas, mas a escolha foi justamente para quebrar paradigmas, então, fui estudar a respeito. Já havia escolhido o hambúrguer, seria cordeiro, ficou fácil buscar a cerveja que harmonizasse com ele. Mais uma vez, recorri à enciclopédia da cerveja, li muito a respeito da Schwarzbier, até então, um estilo totalmente desconhecido por mim.

Por fim, a cerveja escolhida foi a Bamberg Schwarzbier, cerveja típica alemã, pouco fermentada e com gostinho defumado e defumado combina com bacon! Pronto!

hamburger de cordeiro

Preparei um hambúrguer de cordeiro com 10% de gordura de pato (cara, o melhor da minha vida), um pãozinho tipo brioche, fresquinho. Fiz uma maionese caseira de hortelã, afinal, cordeiro nasceu pra hortelã e os dois, pra estarem no meio do meu sanduba. Fiz também uma cebola caramelizada, mais não a típica cebola que se encontra em qualquer sanduiche, foi uma cebola especial, caramelizada na redução da Schwarzbier, pensou? Cebola sem precedentes.

Esta versátil cerveja serviu para compor o hambúrguer e para acompanhar na degustação, e, por sinal, foi tipo queijo e goiabada, sabe?

A cerveja sozinha me bateu meio forte, amarga, mas harmonizada com o hambúrguer ficou perfeita. Os dois mundos se juntaram, o defumado do bacon com o malte torrado, o cítrico da maionese com o doce amargor da cerveja e, por fim, a cebola, adocicada pelo malte e harmonizada com carne de cordeiro, que já tem seu gosto adocicado.

Como dito lá no início, a cerveja escura não é meu grande amor mas hoje passou a ser uma paixão, daquelas que nos faz passar o feriado em casa, debaixo das cobertas vendo cinco temporadas de um seriado ruim.

Você pode fazer esta harmonização em casa, a receita do hambúrguer está no meu site, veja aqui e a Bamberg Schwarzbier você encontra na GOD SAVE THE BEER. E, se tiver dúvidas, deixe seu comentário aqui que eu ficarei feliz em respondê-las!

Um abraço e até o próximo gole!

Post navigation

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *