GOD SAVE THE BEER.

Blog

By in Eu tomei uma... 3

Iniciando os trabalhos…

Para começar essa rotina de beber cerveja (opa, não, pera, rs), tomei a Brooklyn Blast! (“Explosão do Brooklyn”, na tradução ao pé da letra), cerveja produzida em Nova Iorque pela Brooklyn Brewery.

Ela é uma Double IPA, o que eu, leiga no assunto, não sei muito o que é, mas tenho certeza que alguém falará isso em breve aqui.

O que sei, é que, para mim, as IPAs são mais amargas, mais fortes.

A Brooklyn Blast! tem 8,4%/vol de teor alcóolico, que não é pouco para uma cerveja, mas também não deve ser das que tem mais. Um vinho tem em média 12%/vol.

Ela tem uma cor meio dourada e é opaca, isso significa que não é tão leve, acredito, apesar de ser dito no rótulo que ela é “estranhamente fácil e agradável de beber” (“strangely quaffable”), e achei isso mesmo. Ela definitivamente não é daquelas que enche a barriga e pesa.

Tem um sabor meio cítrico, que acho que são os lúpulos americanos e dão o tal “noise” no fundo. A sensação me lembra muito um queijo que comi na Itália, que tinha tanto fungo que chegava a dar uma sensação de bolinhas de ar na língua. Senti isso nela também, claro que bem menos do que no queijo (saudades Toscana). Ela tem um aroma bem gostoso e sabor bom também, nada forte demais.

O site da Brooklyn Brewery fala que ela é boa para comer com comidas mais fortes, lá cita: mexicana, indiana, tailandesa com mais pimenta e queijos fortes como o cheddar.

Não sou fã de cerveja muito amarga não, mas gostei dessa. E vou fazer uma brincadeira aqui: todos os meus posts, irei dar uma nota de 0 a 10 do quanto a cerveja é amarga, e quanto ela me deixou bêbada, rs. (Lembrem-se que é a minha opinião com o meu paladar e a minha capacidade para álcool. rs)

Amargor: 7 (o que pra mim, acho que tomaria só mais uma dessa)

Grau de tontura: 1 (eu comi uma empanada junto)

Até a próxima,

Mari Jorge

Post navigation

3 comments on “Iniciando os trabalhos…

  1. Boa Mari! Gostei da escala de tontura, ótima pedida! 🙂

    A Brooklyn tem uma mão ótima para cervejas – a East IPA foi a primeira do estilo que bebi e até hoje gosto de revisitar. Essa ainda não experimentei, logo resolvo este assunto 😉

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *